Portal CNM   |    Urbem   |    CidadeCompras

CNM convoca gestores e explica a importância do Realidade Municipal

Agência CNM

Você sabe qual o custo real dos programas federais no Município onde mora ou administra? Participe do Realidade Municipal
Você sabe qual o custo real dos programas federais no Município onde mora ou administra? Participe do Realidade Municipal

Você sabe qual o custo real dos programas federais no Município onde mora ou administra? Quanto é repassado, por exemplo, ao Saúde da Família, e quanto é realmente gasto para manter o funcionamento deste atendimento? A Confederação Nacional de Municípios (CNM) sabe que a maioria dos 397 programas federais são subfinanciados e quer saber detalhes disso por meio do projeto Realidade Municipal. Entrevista realizada pela equipe da Rádio CNM ajuda a entender melhor a importância do projeto e como os gestores municipais podem participar. Para ouvi-la, clique aqui.

Este projeto nasceu de um anterior: o Experiência Municipal, quando a CNM visitou alguns Municípios in loco para colher dados, em 2012. Além de comprovar o subfinanciamento de programas nas áreas de Saúde, Educação e Assistência Social, a entidade identificou que, em média, 10% da Receita Corrente Líquida dos entes municipais iam para sustentar serviços que não são obrigação dos Municípios, como Segurança, por exemplo. O que influencia também na contratação excedente de servidores públicos.

Para dar ainda mais peso a este projeto, a CNM buscou uma forma de conseguir a maior quantidade de dados possíveis de todos os Municípios brasileiros. Assim, o Experiência Municipal passa a ser Realidade Municipal. Os gestores podem responder pela internet um questionário sobre os impactos das injustas distribuições de recursos e responsabilidades.

Radiografia dos Municípios

O objetivo é fazer uma radiografia dos Municípios. Assim, a Confederação terá mais embassamento para construir a agenda de reivindicações do movimento municipalista. A CNM quer mostrar a importância das ações assumidas pelas gestões municipais e, de acordo com a Constituição, deveriam ser feitas pelos Estados e pela União.

É preciso apenas que os gestores tenham consciência no preenchimento dos dados. Pois será por meio dos resultados obtidos no Realidade Municipal que a CNM buscará defender os Municípios desta injustiça. E pedirá que governos estaduais e federal respeitem o Pacto Federativo.

A meta da CNM é conseguir ao menos 500 Municípios até o final deste ano. Aqueles que participarem receberão um relatório específico do Município com a análise da situação local em relação aos programas federais.

Para conhecer com detalhes o projeto e participar, acesse www.realidade.cnm.org.br.

Deixe uma resposta